quarta-feira, 29 de setembroAs principais notícias do Brasil e do Mundo

Política

Segundo ação da Receita Federal, Lula sonegou 1,2 milhão de reais em impostos; veja repercussão

Segundo ação da Receita Federal, Lula sonegou 1,2 milhão de reais em impostos; veja repercussão

Notícias, Política
Uma notícia divulgada nesta Sexta-feira, 10 de Setembro, aponta que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sonegou cerca de R$1,2 milhão em tributos. Segundo a ação da Receita Federal, que tramita atualmente na 2ª Vara da Justiça Federal em São Bernardo do Campo, em São Paulo, o petista cometeu os crimes de fraude e conluio com a ocultação de rendimentos tributáveis na forma de bens. A origem desses bens seriam as reformas pagas pela OAS no tríplex do Guarujá e também no sítio de Atibaia. Cinco dias após o Supremo Tribunal Federal (STF) decidir anular as condenações do petista, a Receita Federal fez o requerimento desta ação. A órgão diz que os elementos da ação mostram "de maneira cristalina" que Lula era de fato o dono do apartamento. Leia abaixo trecho da ação: “O
Com sabedoria, Augusto Nunes diz para o povo “não se precipitar” nas conclusões sobre a nota do Bolsonaro

Com sabedoria, Augusto Nunes diz para o povo “não se precipitar” nas conclusões sobre a nota do Bolsonaro

Notícias, Política
Conforme noticiamos, nesta Quinta-feira, 9 de Setembro, o Presidente da República Jair Bolsonaro participou de uma longa reunião com o ex-presidente Michel Temer, e a conclusão deste encontro foi uma nota oficial de Bolsonaro no site do Governo Federal. A carta, que depois foi confirmada que foi escrita por Temer, tem um tom de apaziguar os ânimos entre os Poderes, e soa como uma "trégua" do Presidente Bolsonaro ao Supremo Tribunal Federal (STF), que ultimamente virou praticamente um inimigo do Poder Executivo. Caso você não tenha lido ainda, confira abaixo a nota completa: "No instante em que o país se encontra dividido entre instituições é meu dever, como Presidente da República, vir a público para dizer:1. Nunca tive nenhuma intenção de agredir quaisquer dos Poderes. A harmoni
Bolsonaro publica nota oficial escrita por Temer, que defende a “harmonia entre os Poderes”; assunto repercute

Bolsonaro publica nota oficial escrita por Temer, que defende a “harmonia entre os Poderes”; assunto repercute

Notícias, Política
Na tarde desta Quinta-feira, 9 de Setembro, as redes sociais foram à loucura com a publicação de uma nota oficial do Presidente da República Jair Bolsonaro. E não foi à loucura no bom sentido, e sim com uma avalanche de críticas ao Chefe do Executivo, após o ex-presidente Michel Temer afirmar na CNN que ele quem redigiu a carta. O texto defende a harmonia entre os Poderes e sinaliza uma "trégua" ao Supremo Tribunal Federal (STF). Mesmo após as manifestações do Dia 7 de Setembro e seu discurso impactante, Bolsonaro parece estar querendo acalmar os ânimos. Na nota, o Presidente expõe que nunca teve nenhuma intenção de agredir quaisquer dos Poderes, além de afirmar que suas palavras decorreram do "calor do momento". Leia abaixo a nota completa: "No instante em que o país se en
Arthur Lira defende Bolsonaro e diz que “ninguém é obrigado a cumprir decisão inconstitucional”

Arthur Lira defende Bolsonaro e diz que “ninguém é obrigado a cumprir decisão inconstitucional”

Notícias, Política
Nesta Quinta-feira, 9 de Setembro, o Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, saiu em defesa do Presidente da República Jair Bolsonaro após as falas do Chefe do Executivo nas manifestações do dia 7 de Setembro. Na ocasião, Bolsonaro disse que não cumpriria mais as decisões do Ministro Alexandre de Moraes. Entretanto, a fala do Presidente foi considerada pelo Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, como um suposto crime de responsabilidade caso ele descumpra as decisões do magistrado. Arthur Lira, ao ser questionado por repórteres sobre esta fala de Fux, disse que esta é uma análise do Supremo, e que "ninguém é obrigado a cumprir decisão inconstitucional": “Isso aí é uma análise que o Supremo teve da fala. Existem outras análises. […] Ninguém é obrigado
Promotores pedem a prisão de 9 ministros do Supremo Tribunal Federal; veja repercussão

Promotores pedem a prisão de 9 ministros do Supremo Tribunal Federal; veja repercussão

Notícias, Política
Dois promotores de justiça aposentados, os advogados Wilson Koressawa e Getúlio Alves de Lima fizeram uma notícia-prime à Procuradoria-Geral de Justiça do Ministério Público Militar com o pedido de prisão de nove integrantes do Supremo Tribunal Federal (STF). Entre os nomes estão dos ministros Dias Toffoli, Luiz Fux, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Cármen Lúcia, Rosa Weber, Roberto Barroso, Edson Fachin e Alexandre de Moraes. No pedido, os promotores alegram que os magistrados da Suprema Corte estão "incursos nas penas de crimes permanentes e inafiançáveis contra a ordem constitucional e o Estado Democrático de Direito, crimes de genocídio, tortura praticados pela organização criminosa promovida, constituída e integrada por todos os representados”. Koressawa e Lima também apo
Bolsonaro diz que conversará hoje com os caminhoneiros para juntos tomarem uma decisão; acompanhe!

Bolsonaro diz que conversará hoje com os caminhoneiros para juntos tomarem uma decisão; acompanhe!

Notícias, Política
Conforme noticiamos ontem, várias estradas federais estão bloqueadas pelos caminhoneiros. Segundo boletim do Ministério da Infraestrutura, já são 15 Estados que contam com as paralisações. A nota da Infraestrutura, que foi liberada às 0h30 deste Quinta-feira, 9 de Setembro, indica que Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Espírito Santo, Mato Grosso, Goiás, Bahia, Minas Gerais, Tocantins, Rio de Janeiro, Rondônia, Maranhão, Roraima, São Paulo e Pará estão com bloqueios. Na manhã desta Quinta, Bolsonaro conversou com apoiadores na saída do Palácio da Alvorada e afirmou que conversará hoje com os caminhoneiros: “[Saindo] mais cedo hoje, eu tenho uma hora da manhã que vou estar com o tempo tomado com o pessoal dos Brics, uma hora. Então, mais cedo também, nesses dois intervalos
AGORA: caminhoneiros fazem paralização em diversas cidades do Brasil em apoio a Bolsonaro; acompanhe!

AGORA: caminhoneiros fazem paralização em diversas cidades do Brasil em apoio a Bolsonaro; acompanhe!

Notícias, Política
Diversas fontes das redes sociais apontam que caminhoneiros fazem protesto em várias cidades do Brasil, incluindo os estados de Santa Catarina, Paraná e no Espírito Santo. Há bloqueio de caminhões nas cidades de Garuva, Joinville, Mafra, Santa Cecília, Guaramirim e Campos Novos, todas cidades da região catarinense. No Paraná, há bloqueios nas rodovias federais em Paranavaí e Maringá. Confira abaixo algumas publicações sobre o assunto, que estão sendo divulgadas nas redes sociais: "Começa a paralisação dos caminhoneiros!Acabamos de receber um vídeo da região de SAFRA-ES (BR 101),feito por patriotas que estiveram na Av. Paulista (07) e confirmam o início do movimento.Segundo informações, o prazo dado para providências é de 24 horas." - publicado pelo perfil Verdade dos Fatos:
Após mentir sobre as manifestações, hashtag #GloboLixo fica entre os assuntos mais comentados das redes

Após mentir sobre as manifestações, hashtag #GloboLixo fica entre os assuntos mais comentados das redes

Notícias, Política
Nesta Quarta-feira, 8 de Setembro, um dos assuntos que mais está repercutindo nas redes sociais é a hashtag #GloboLixo, um dia após as grandes manifestações que aconteceram por todo o país. Na edição do Jornal Nacional deste 7 de Setembro, o apresentador William Bonner falou que o "Brasil assistiu hoje a uma demonstração de desprezo pela constituição", além de dizer que apenas "bolsonaristas" estavam nas ruas, além de falar que as pessoas defendiam pautas antidemocráticas. Além disso, também falou que o discurso do Presidente Jair Bolsonaro na Avenida Paulista foi em "tom golpista". Dentre as centenas de milhares de pessoas que estavam nas ruas, as únicas imagens que a reportagem do Jornal Nacional mostrou foram cenas selecionadas de alguns poucos cartazes com pedidos de fechamento
Bolsonaro convoca reunião com o Conselho da República, órgão responsável por Estado de Sítio e Estado de Defesa

Bolsonaro convoca reunião com o Conselho da República, órgão responsável por Estado de Sítio e Estado de Defesa

Notícias, Política
Nas manifestações do Dia da Independência que aconteceram em Brasília, o Presidente da República Jair Bolsonaro fez um anúncio durante seu discurso de que fará uma reunião amanhã, 8 de Setembro, com o Conselho da República. Além disso, a reunião também contará com ministros, o Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, o Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, e também Luiz Fux, Presidente do Supremo Tribunal Federal. Fux, já garantiu de antemão que não participará do encontro. Em sua fala, Bolsonaro disse que uma nova história começa a ser escrita no Brasil: “Peço a Deus mais que sabedoria, força e coragem para bem decidir. Não são fáceis as decisões. Não escolho o lado do conforto. Sempre estarei ao lado do povo brasileiro”. Disse também que o "retrato" deste 7 de Se
Em São Paulo, Bolsonaro sugere que Alexandre de Moraes renuncie: “Ou se enquadra ou pede para sair”; confira!

Em São Paulo, Bolsonaro sugere que Alexandre de Moraes renuncie: “Ou se enquadra ou pede para sair”; confira!

Notícias, Política
Conforme temos noticiado neste Dia da Independência, o Brasil está se manifestando em diversas capitais de forma pacífica e sem confusões. Em Brasília, a manhã começou agitada com centenas de milhares de pessoas presentes na capital federal, com grande expectativa para a manifestação de São Paulo, na Avenida Paulista. Neste momento, São Paulo está tomada por patriotas que encheram a principal avenida da cidade para gritar por liberdade. Veja abaixo algumas imagens: https://twitter.com/capitaoderrite/status/1435322375554453506?s=21 https://twitter.com/patrlotas/status/1435325243825049604?s=21 Conforme anunciado pelo Presidente Jair Bolsonaro, às 15h30 ele estaria presente em São Paulo para discursar. Em sua fala, Bolsonaro soltou o verbo contra o Ministro Alexandre de

Este conteúdo está protegido contra plágio.