quarta-feira, 21 de abrilAs principais notícias do Brasil e do Mundo
André Mendonça solta o verbo: “Por que o pobre não pode vender bens de primeira necessidade?”; veja repercussão

André Mendonça solta o verbo: “Por que o pobre não pode vender bens de primeira necessidade?”; veja repercussão

O ex-Ministro da Justiça e Segurança Pública e agora Advogado-Geral da União, André Mendonça, viralizou nas redes sociais após ter trecho de sua fala compartilhada na internet.

Mendonça questiona as medidas impostas por Governadores e Prefeitos, onde em muitos casos pessoas que precisam trabalhar ou que frequentam praia ou fazem atividades físicas são parados por policiais armados, que sem pestanejar, agridem e partem com violência para cima das pessoas que não cometeram qualquer tipo de crime.

Inúmeros foram os casos de vídeos circulados na internet onde vendedores ambulantes tiveram seus produtos apreendidos e foram presos simplesmente por estarem trabalhando.

Compartilhado pelo usuário do Twitter @clark4you, o Advogado-Geral da União solta o verbo e critica as medidas do Poder Executivo dos Estados e Municípios.

“Não se impedem medidas autoritárias e arbitrárias? Se autoriza rasgar a Constituição? Se autoriza prender um vendedor de água ambulante e espancá-lo no meio da rua enquanto em grandes supermercados isso é feito legitimamente? Por que um pobre não pode vender bens de primeira necessidade?” – indagou André Mendonça.

Assista abaixo ao trecho completo:

A fala de Mendonça gerou repercussão positiva na internet. Confira abaixo algumas reações de internautas:

Fonte: @clark4you (via Twitter)

Compartilhe!