quarta-feira, 21 de abrilAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Apenas um dia após as eleições, João Doria aumenta o isolamento e proíbe festas de fim de ano

Apenas um dia após as eleições, João Doria aumenta o isolamento e proíbe festas de fim de ano

O Governador de São Paulo, João Doria, havia dito em um vídeo no começo de Novembro que ia desmentir as “fake news” que estavam circulando, de que ele iria aumentar as restrições da pandemia após as eleições.

Segundo ele no vídeo veiculado dia 13 de Novembro, ele afirmou que após as eleições o Governo não fecharia os comércios ou endurecer as medidas de combate à pandemia.

Ainda disse que a pandemia estava sob controle e disse que repudia quem espalha este tipo de notícia.

Abaixo tem o vídeo para vocês darem uma conferida na fala de Doria:

E adivinhem só: apenas um dia após as eleições municipais de São Paulo, que reelegeu Bruno Covas para a prefeitura da capital paulista, o Governo de João Doria fez exatamente aquilo que ele disse que não faria e aumentou as restrições.

Neste Segunda-feira, 30 de Novembro, o Estado vai regredir à fase amarela do plano de contingência da Covid. Com a decisão, comércios e serviços voltam a funcionar menos horas por dia. Segundo Doria, a medida se justifica devido aos aumentos de casos da doença. E o tal “estar sob controle” que você afirmou antes das eleições, Governador?

Além disso, Doria afirmou que serão proibidos qualquer tipo de festividade no fim de ano:

“Adotaremos medidas legais e que se sobrepõem inclusive a medidas municipais para impedir a realização de festas. Nem de réveillon, nem festas, celebrações, sejam públicas ou privadas”, disse Doria durante coletiva no Palácio dos Bandeirantes.

Fonte: Revista Oeste

Compartilhe!