segunda-feira, 18 de outubroAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Após morte de Lázaro, diversas pessoas saem em sua defesa e criticam atuação da polícia; veja repercussão!

Após morte de Lázaro, diversas pessoas saem em sua defesa e criticam atuação da polícia; veja repercussão!

Nesta Segunda-feira, 28 de Junho, o Brasil celebrou ao ver que a caçada ao assassino do Distrito Federal, Lázaro Barbosa, teve um fim.

Após 20 dias foragido, o criminoso enfrentou a Polícia Militar de Goiás mas acabou levando a pior e foi morto durante o confronto armado.

Os policiais puseram um final na perseguição que durou 20 dias e gerou muito caos e pânico na população goiana. Por onde passou durante esses dias, Lázaro fez reféns, cometeu roubos e invadiu 11 fazendas.

Grande parte da população brasileira comemorou quando a notícia da morte do assassino foi confirmada. Inclusive o Presidente da República Jair Bolsonaro publicou em suas redes sociais que o “CPF foi cancelado”.

Entretanto, surgiram pessoas na internet que defendem o criminoso e condenam a forma como a polícia agiu, alegando que ele deveria ser capturado vivo e que ele tinha o direito de ser “ouvido”.

Acompanhe abaixo a repercussão:

O Presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, compartilhou uma publicação de uma página chamada “Esquerda sem Demagogia”, onde eles consideram que o “jovem” Lázaro não podia ter morrido:

Aguinaldo Silva, conhecido autor de novelas da Rede Globo, também repudia que existem pessoas que fazem defesa ao criminoso:

O jornalista esportivo Milton Neves compartilhou com repúdio uma notícia da deputada do PSOL que defendeu Lázaro:

Para a Record TV nesta Segunda (28), a família do serial killer disse para Roberto Cabrini que a polícia não deveria ter tratado Lázaro desta forma:

“Eu acho que atiraram nele demais. Não precisava de tudo aquilo, gente. Por que não deram um tiro ou dois tiros nas pernas para que ele se entregasse, se recuperasse e depois explicasse o que fez ou deixou de fazer? Foi muito cruel o que fizeram com ele. […] Pra que metralhar daquele jeito? Não precisava”, disse a tia.

Fonte: Conexão Política

Compartilhe!

Este conteúdo está protegido contra plágio.