domingo, 29 de novembroAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Bolsonaro afirma somos vítimas de desinformação sobre a Amazônia e Pantanal

Bolsonaro afirma somos vítimas de desinformação sobre a Amazônia e Pantanal


Na manhã desta Terça-feira, 22 de Setembro, o Presidente Jair Bolsonaro discursou na abertura da Assembleia Geral da ONU, e afirmou que o Brasil é vítima de desinformação sobre a Amazônia e Pantanal.

Conforme já comentamos aqui, artistas dos Estados Unidos, como o Leonardo Di Caprio por exemplo, estão fazendo uma campanha nas redes sociais contra o Presidente Bolsonaro, acusando-o de ser responsável pelas queimadas na Amazônia e Pantanal.

No discurso, o Presidente afirmou que o agronegócio brasileiro não parou e que estamos respeitando a melhor legislação ambiental do planeta:

“No Brasil, apesar da crise mundial, a produção rural não parou. O homem do campo trabalhou como nunca, produziu, como sempre, alimentos para mais de 1 bilhão de pessoas.

O Brasil contribuiu para que o mundo continuasse alimentado.

Nossos caminhoneiros, marítimos, portuários e aeroviários mantiveram ativo todo o fluxo logístico para distribuição interna e exportação.

Nosso agronegócio continua pujante e, acima de tudo, possuindo e respeitando a melhor legislação ambiental do planeta.

Sobre as campanhas de desinformação, o Chefe do Executivo disse:

“Mesmo assim, somos vítimas de uma das mais brutais campanhas de desinformação sobre a Amazônia e o Pantanal.

A Amazônia brasileira é sabidamente riquíssima. Isso explica o apoio de instituições internacionais a essa campanha escorada em interesses escusos que se unem a associações brasileiras, aproveitadoras e impatrióticas, com o objetivo de prejudicar o governo e o próprio Brasil.

Somos líderes em conservação de florestas tropicais. Temos a matriz energética mais limpa e diversificada do mundo.

Mesmo sendo uma das 10 maiores economias do mundo, somos responsáveis por apenas 3% da emissão de carbono.

Garantimos a segurança alimentar a um sexto da população mundial, mesmo preservando 66% de nossa vegetação nativa e usando apenas 27% do nosso território para a pecuária e agricultura. Números que nenhum outro país possui.

O Brasil desponta como o maior produtor mundial de alimentos.

E, por isso, há tanto interesse em propagar desinformações sobre o nosso meio ambiente.”

Fonte: Agência Brasil