terça-feira, 1 de dezembroAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Bolsonaro: “Dá pra entender que a falta de emprego mata mais do que o próprio vírus?”

Bolsonaro: “Dá pra entender que a falta de emprego mata mais do que o próprio vírus?”


O Presidente Jair Bolsonaro fez nesta última Quinta-feira, 16 de Julho, a sua live semanal no Facebook.

Como de costume, o Chefe do Executivo compartilha sobre as principais novidades do Governo Federal e também fala a respeito do que a mídia anda falando sobre ele, principalmente sobre as críticas infundadas.

No começo da live, Bolsonaro falou sobre um assunto que é muito importante para o Brasil e que está acabando com muitos empregos. A pandemia está dando seus efeitos na economia, e criando um problema econômico nunca antes visto na história.

O Presidente mostrou imagens da própria imprensa falando que 71% dos brasileiros cortaram seus gastos na economia, sendo que estes têm medo do desemprego.

Além disso, Bolsonaro também mostrou outra matéria que fala dos fechamentos de empresas, onde 4 em 10 empresas fecharam durante a crise do Coronavírus, sendo que de 1,3 milhão de negócios, 99,2% são de pequeno porte.

Em um momento de desabafo, Bolsonaro falou que a imprensa só batia nele no começo da pandemia e que não levaram em consideração o assunto economia, e que ele foi tachado de muitos nomes (como genocida, por exemplo) porque falou que a economia viria a matar muito mais a longo prazo.

Bolsonaro fez críticas aos prefeitos e governadores que realizaram o fechamento do comércio:

“Agora, o que acontece: não podemos continuar sufocando a economia. Dá pra entender que a falta de salário, a falta de emprego mata, e mata mais do que o próprio vírus? Será que eu tô errando falar disso aí? Eu tenho que ter mais responsabilidade, o modo que estou tendo? Eu podia ficar quieto, afinal de contas o Supremo Tribunal Federal disse que quem decide tudo nesta área são os Estados e Municípios, e ponto final.”

O Presidente ainda fez críticas aos locais onde a Hidroxicloroquina está proibida de ser usada para o tratamento da COVID-19, pois segundo ele, se não existe comprovação científica de que é eficaz, deveriam deixar apenas para os pacientes que desejam se tratar, pois como ele disse, no seu caso e de muitas pessoas, o medicamento está funcionando.

Assista abaixo à live de ontem do Presidente Jair Bolsonaro:

Fonte: Jair Bolsonaro (via YouTube)