quarta-feira, 25 de novembroAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Bolsonaro diz que donos de supermercados aceitaram baixar a margem de lucro do arroz

Bolsonaro diz que donos de supermercados aceitaram baixar a margem de lucro do arroz


Afirmamos no início desta semana que o Presidente Bolsonaro disse, durante audiência com médicos no Palácio do Planalto, que pediria uma redução no preço do arroz até a próxima safra.

Ele disse que pediria aos donos de supermercados para reduzirem o lucro para “próximo de zero” do produto.

Leia abaixo o que disse Bolsonaro:

“No começo era aquela história do ‘fica em casa e a economia vê depois’. Imagina, as pessoas em casa. O arroz está caro. E povo com fome é povo que não tem razão. Ninguém vai usar a caneta Bic para tabelar nada. Mas, estou pedindo para que os lucros sejam próximo de zero até a nova safra, em Dezembro”.

Na tradicional live de Quinta, o Presidente falou neste dia 10 de Setembro que o Governo não irá interferir na tabela de preços, e conversou com os ministros sobre o assunto:

“Conversei com os ministros Paulo Guedes e Tereza Cristina, sobre o que podemos fazer com a alta do preço, mas ninguém quer tabelar nada”.

Completou, dizendo:

“A gente sabe que uma vez interferindo, tabelando, isso desaparece da prateleira e a mercadoria aparece no mercado negro muito mais caro, já tivemos experiência disso no Brasil.”

Além disso, Bolsonaro relatou que nas conversas que teve com os representantes do setor de supermercados, ouviu que a margem de lucro seria “reduzida o máximo possível”:

“Foi uma conversa muito saudável, falaram que eles não são os vilões. A margem de lucro deles vai ser reduzida o máximo possível para colaborar, porque a economia tem que pegar. O Brasil tem que dar certo.”

Fonte: Revista Oeste