sábado, 24 de outubroAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Bolsonaro pede a proibição de radares de trânsito que ficam ocultos

Bolsonaro pede a proibição de radares de trânsito que ficam ocultos


Na última Quarta-feira, 9 de Setembro, o CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito) publicou no Diário Oficial da União um pedido do Presidente Jair Bolsonaro, que altera as regras para fiscalização eletrônica de velocidade em vias públicas.

O pedido foi feito pelo Chefe do Executivo em Agosto do ano passado, com a solicitação de novas regras ao Ministério da Infraestrutura com o objetivo de “evitar o desvirtuamento do caráter pedagógico e a utilização meramente arrecadatória dos instrumentos e equipamentos medidores de velocidade”.

Desta forma, deixarão de serem instalados novos radares fixos em locais que ficam escondidos, como em árvores, marquises, passarelas, postes de energia elétrica ou qualquer outra obra de engenharia, de modo velado ou não ostensivo.

Além disso, a localização dos radares fixos e portáteis precisará ser divulgada pelos órgãos de fiscalização de trânsito nos respectivos sites antes antes de entrarem em operação.

Os medidores passam também a ser organizados em duas categorias: do tipo fixo, que pode ser “controlador” ou “redutor”, e portátil, eliminando o radar móvel, que costumava ficar dentro das viaturas policiais e agentes de trânsito.

A medida passa a valer a partir de 1º de Novembro para a instalação de novos radares, e a substituição dos radares existentes terá prazo até o mesmo período de 2021.

Fonte: Veja