quarta-feira, 29 de setembroAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Bolsonaro solta o verbo e dispara: “Quem quer eleição suja é o ministro Barroso”; veja repercussão

Bolsonaro solta o verbo e dispara: “Quem quer eleição suja é o ministro Barroso”; veja repercussão

Na manhã desta Segunda-feira, 2 de Agosto, o Presidente da República Jair Bolsonaro conversou com apoiadores na saída do Palácio da Alvorada, como faz usualmente.

O Chefe do Executivo voltou a criticar o Presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso.

Segundo Bolsonaro, Barroso “quer eleição suja” e “não democrática”, ao não querer a aprovação do voto impresso auditável:

“Quem quer eleição suja e não democrática é o ministro Barroso. Esse cara se intitula como [quem] não pode ser criticado”, afirmou o Presidente da República.

Bolsonaro também disse que o magistrado ajudou a colocar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para fora da cadeia e o torna elegível:

“O Barroso ajuda a botar o cara [Lula] para fora da cadeia, torna elegível… E o Barroso vai contar os votos dele lá? Qual a consequência disso?”, disse o mandatário.

Ainda sobre Lula, o Presidente Bolsonaro afirmou que o governo petista fazia “tudo” para permanecer no poder:

“Querem dar a direção do Brasil para um corrupto, cachaceiro, que arrebentou as estatais, loteava tudo aqui e vendeu até a mãe para ficar no poder, aparelhou tudo… Querem fazer que nem a Argentina?”.

“Se as eleições tiverem problema, dizem ‘recorra à Justiça’. Qual Justiça? O Supremo, que colocou o Lula para fora e o tornou elegível?”, afirmou Bolsonaro.

Fonte: Revista Oeste

Compartilhe!

Este conteúdo está protegido contra plágio.