quarta-feira, 25 de novembroAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Cercado de polêmicas, Ministro Dias Toffoli deixa a Presidência do STF; Bolsonaro agradece

Cercado de polêmicas, Ministro Dias Toffoli deixa a Presidência do STF; Bolsonaro agradece


Nesta Quarta-feira, 9 de Setembro, o Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli despediu-se da posição de Presidente da Suprema Corte.

A partir desta Quinta-feira, 10 de Setembro, o Ministro Luiz Fux dará início à sucessão.

Dias Toffoli foi indicado ao STF em 2009 pelo ex-presidente Lula, e já tinha um alinhamento com o PT há bastante tempo, atuando como assessor jurídico para o Partido dos Trabalhadores no passado.

Há dois anos Toffoli preside o Supremo, e sua liderança foi cercada de polêmicas, como:

  1. Abertura do inquérito das fake news e críticas a ministro do STF
  2. Compartilhamento de dados da Lava Jato com a PGR
  3. Revisão da segunda instância, que levou à soltura de Luiz Inácio Lula da Silva
  4. Acesso a dados sigilosos do Coaf e paralisação de inquéritos
  5. Restrição de dados fiscais e bancários com o Ministério Público

Na sessão de despedida do Ministro, Alexandre de Moraes agradeceu Dias Toffoli pelo polêmico inquérito das fake-news, que acarretou a investigações de apoiadores do Presidente Bolsonaro e também à exclusão de perfis conservadores das redes sociais.

Durante discurso, Dias Toffoli afirmou que em sua gestão o STF promoveu a “paz social”:

“No último biênio, a Suprema Corte do País foi resoluta na guarda da Carta Cidadã, moderando os conflitos sociais, políticos, econômicos e culturais e promovendo, em máxima medida, a paz social e a segurança jurídica.”

Toffoli acrescentou:

“Com vigor, defendemos a democracia e as suas salvaguardas e repudiamos o ódio e a intolerância política, pugnando sempre pelo debate plural, construtivo e transformador.”

Por volta das 17h, o Presidente Jair Bolsonaro apareceu de surpresa na sessão de despedida do Ministro, e declarou:

“O diálogo, o entendimento em momentos difíceis, apesar de ser bem mais novo do que eu, isso foi muito importante para o destino do nosso Brasil”, afirmou o presidente.

Em muitos momentos, quando o chefe do Executivo procurou o STF, por muitas vezes em decisões monocráticas [individuais] muito bem nos atendeu, em outros momentos até nos surpreendeu com sua capacidade de se antecipar a problemas e já apresentar solução antes mesmo que o procurássemos”, disse Bolsonaro.

Fonte: Pleno News, UOL