domingo, 25 de outubroAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Debatedor de Caio Coppolla disse que Bolsonaro cometeu “assassinato em massa”

Debatedor de Caio Coppolla disse que Bolsonaro cometeu “assassinato em massa”


A emissora CNN Brasil tem um programa de bastante audiência que se chama O Grande Debate, no qual dois debatedores discutem assuntos do momento.

Nós comentamos aqui há alguns dias que o programa que foi ao ar no dia 7 de Julho, com o tema “Bolsonaro gerencia bem a pandemia?” foi ao ar, com do lado da esquerda o jornalista Augusto de Arruda Botelho contra o jornalista de direita, Caio Coppolla.

O programa teve uma grande tensão, com Augusto Botelho subindo o tom contra Coppolla após este defender Bolsonaro, e chegou ao ponto da mediadora Monalisa Perrone interromper os dois e pedir para baixarem o tom de voz.

Após este programa, o Augusto Botelho decidiu sair do programa para não debater mais com Caio Coppolla.

Desde então, um novo debatedor entrou em cena para ser o opositor de Coppolla, o advogado Marcelo Feller.

No programa que foi ao ar no dia 13 de Julho com o tema “Militares devem se envolver na política?”, Marcelo Feller estreou sua participação no “O Grande Debate” com declarações fortíssimas sobre o Presidente, o que causou repercussão nacional e revolta nas redes sociais.

Leia abaixo trechos do diálogo entre Caio Coppolla e Marcelo Feller:

Caio Coppolla: “Pelo amor de Deus. Do que adianta falar que não foi genocídio, olha o que você falou: ‘não é um genocídio, é só um assassinato em massa por negligência’.”

Marcelo Feller: “Exatamente.”

Depois disso, Marcelo Feller ainda complementou dizendo o Presidente Bolsonaro que foi absolutamente omisso e as condutas dele influenciaram as pessoas, e que isso seria a causa do número alto de mortes da Covid.

Assista completo abaixo:

Fonte: CNN Brasil