segunda-feira, 18 de outubroAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Deputados Carlos Jordy e Filipe Barros pedem que AGU protocole pedido de impeachment do Ministro Barroso

Deputados Carlos Jordy e Filipe Barros pedem que AGU protocole pedido de impeachment do Ministro Barroso

Na última Sexta-feira, 9 de Abril, dois Deputados Federais que são da base apoiadora do Presidente Jair Bolsonaro entraram com um pedido na Advocacia-Geral da União.

Carlos Jordy (PSL-RJ) e Filipe Barros acionaram a entidade para que ela protocole um pedido de impeachment do Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso.

Segundo o parlamentar, o pedido baseia em “atividade político-partidária” do magistrado.

Isso se deve por causa da decisão monocrática do Ministro em ordenar que o Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, abrisse um CPI para investigar supostas “omissões” do Governo Federal diante à pandemia.

Tanto o Presidente Bolsonaro quanto parlamentares de apoio e cidadãos que o apoiam criticaram a decisão do Ministro Barroso, porque não foi solicitado em nenhum momento uma investigação contra Estados e Municípios, os quais possuem responsabilidade sobre a pandemia localmente.

Segundo a Gazeta Brasil, os parlamentares também entraram com uma representação contra o magistrado na Procuradoria-Geral da República (PGR) para que ele seja denunciado por “abuso de autoridade”:

“Estou representando na PGR, junto c/ o deputado Filipe Barros, contra Barroso p/ q seja denunciado por abuso de autoridade. Estamos acionando ainda a AGU p/ q protocole pedido de impeachment contra o Ministro por atividade político-partidária”, anunciou Jordy no Twitter.

“Será que Rodrigo Pacheco se curvará ao STF?”, finalizou.

Fonte: Carlos Jordy (via Twitter)

Compartilhe!

Este conteúdo está protegido contra plágio.