quinta-feira, 22 de abrilAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Em entrevista, João Doria diz que pode deixar de disputar eleições para Presidência para concorrer à reeleição em São Paulo

Em entrevista, João Doria diz que pode deixar de disputar eleições para Presidência para concorrer à reeleição em São Paulo

O Governador do Estado de São Paulo, João Doria, estava quase certo que disputaria as eleições de 2022 e que seria um forte nome para concorrer contra Jair Bolsonaro.

Entretanto, diante da decisão do Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) em anular as condenações do ex-presidiário Lula e deixá-lo “ficha limpa” novamente, Doria admite que pode mudar de opinião e concorrer apenas para a reeleição ao Governo de São Paulo.

Em pesquisa realizada após a decisão da Suprema Corte, o tucano paulista apareceu entre as últimas colocações entre os favoritos para a Presidência da República.

Em entrevista ao jornal O Estadão, Doria foi questionado sobre o tema, e segundo ele “diante deste novo quadro da política brasileira, nada deve ser descartado”.

Segundo a Gazeta Brasil, é a primeira vez que Doria admite a hipótese de reeleição, já que em Novembro de ano passado ele foi contundente ao negar que disputaria um novo mandato. Ele sempre disse que, por princípios, era contra a reeleição.

De acordo com o veículo, o otimismo de João Doria deu lugar à preocupação com o desgaste político causado por suas decisões polêmicas que afetaram milhões de paulistanos, sujando sua imagem em todo o país.

O PSDB marcou prévias referentes à disputa presidencial para outubro, um ano antes das eleições. Doria tem afirmado que acredita que legenda pode até apoiar um outro candidato em 2022.

Fonte: Gazeta Brasil

Compartilhe!