segunda-feira, 18 de outubroAs principais notícias do Brasil e do Mundo
General Joaquim Silva solta o verbo e diz que a Petrobras “não é uma Casa de Assaltantes”

General Joaquim Silva solta o verbo e diz que a Petrobras “não é uma Casa de Assaltantes”

No começo do ano, o Presidente da República Jair Bolsonaro fez mudanças no comando da Petrobras e foi amplamente criticado após uma breve queda nas ações.

Castello Branco foi o gestor até Março, quando o General Joaquim Silva e Luna, ex-comandante da Itaipu Binacional assumiu a estatal petrolífera.

Desde então, muita coisa mudou na empresa e agora se vê diante de uma guinada nos rumos da empresa. Como disse o jornalista José Maria Trindade, Bolsonaro “colocou ordem na Petrobras” ao indicar o General Silva e Luna.

Nesta semana, Silva e Luna soltou o verbo em sessão de Comissão Geral da Câmara e disse que “A Casa que foi Assaltada, não é uma Casa de Assaltantes”, referindo-se aos rombos financeiros causado pela corrupção dos governos petistas.

Disse também que segue no comando da Petrobras e que pode dormir com a consciência tranquila e que tem muito orgulho da missão que lhe foi dada.

Segundo ele, Bolsonaro quando o chamou disse que sua missão na Itaipu estava concluída e que a Petrobras era sua nova meta.

Assista abaixo ao trecho completo:

Fonte: artigo escrito de forma autoral pelo site No Momento (nomomento.net) com utilização de vídeo da Elisa Brom (via Twitter)

Compartilhe!

Este conteúdo está protegido contra plágio.