quinta-feira, 22 de abrilAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Globo mente ao dizer que General Pazuello deixou o Governo e é desmentida pelo Ministério da Saúde; veja repercussão

Globo mente ao dizer que General Pazuello deixou o Governo e é desmentida pelo Ministério da Saúde; veja repercussão

Neste Domingo, 14 de Março, o jornal O Globo noticiou que o Ministro da Saúde, General Eduardo Pazuello, estava se sentindo “pressionado” e pediu para sair do Governo Bolsonaro.

Entretanto, o Ministério da Saúde desmentiu o boato criado pela emissora carioca.

Com o título “Pressionado, Pazuello alega problemas de saúde e pede para deixar ministério”, a matéria rapidamente gerou repercussão e começou rumores até internacionalmente de que o país estaria passando mais uma vez por instabilidades no Ministério da Saúde.

Veja abaixo algumas publicações nas redes de usuário publicando em inglês, espalhando a notícia para fora do Brasil:

Leia trecho da matéria, que diz que segundo “fontes” do Planalto a notícia vazou:

“De acordo com esses interlocutores do presidente, o atual ministro comunicou a Bolsonaro estar com problemas de saúde e que, por isso, precisará de mais tempo para se a reabilitar.

O pedido de afastamento coincide com o auge da pressão de deputados do Centrão, que pleiteiam mudança no comando da pasta sob pretexto de má gestão durante a pandemia.”

Além disso, a matéria citou até médicos que poderiam ser substitutos de Pazuello na chefia da pasta:

“Pessoas próximas ao presidente já entraram em contato com dois médicos cardiologistas cotados para substituir Pazuello: Ludhmila Abrahão Hajjar, professora associada da USP, e Marcelo Queiroga, presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia.”

Inclusive o Presidente da Câmara Arthur Lira publicou em suas redes sociais apoio à médica Ludhmila Hajjar para substituir o atual Ministro:

Entretanto, no início desta noite o Ministério da Saúde desmentiu todas as notícias falsas envolvendo a saída de Pazuello:

“Não estou doente! Continuo como ministro da Saúde até que o presidente da República peça o cargo. A minha missão é salvar vidas” – declarou ao portal R7.

Veja a repercussão dos internautas nas redes sociais ao perceber que a notícia era fake:

Fonte: O Globo

Compartilhe!