quarta-feira, 21 de abrilAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Governador do Rio de Janeiro solta o verbo contra Marcelo Freixo e diz para ele sair da internet e ir trabalhar

Governador do Rio de Janeiro solta o verbo contra Marcelo Freixo e diz para ele sair da internet e ir trabalhar

Neste Domingo, 4 de Abril, o Governador interino do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, discutiu com o Deputado Federal Marcelo Freixo, do PSOL.

Em suas redes sociais, o parlamentar disse que Cláudio Castro é “irresponsável” e o chamou de negacionista:

Cláudio Castro, covardia é ser submisso a Bolsonaro e impor ao RJ a política negacionista do presidente. 696 doentes estão a espera de um leito de UTI no Estado enquanto você faz festinha de aniversário. 411 pessoas morreram ontem. Abrir leito é sua OBRIGAÇÃO como governador.

Você está de joelhos para a família Bolsonaro porque tem medo das investigações do Ministério Público por suspeita de receber propina num contrato milionário de tratamento oftalmológico para pessoas de baixa renda. Pelo jeito seu problema não é só incompetência.

Você é cúmplice de Bolsonaro no boicote ao combate à pandemia, declarou guerra aos prefeitos do Rio e Niterói e é incapaz de liderar uma ação coordenada no Estado contra a doença. Tenha o mínimo de dignidade para o cargo e vá cumprir com suas obrigações.

Nós seguimos trabalhando no Congresso Nacional para aumentar o valor de miséria do auxílio emergencial que seu presidente propôs e lutando por mais recursos para o enfrentamento à pandemia no RJ.”

Em resposta, o Governador do Rio de Janeiro rebateu:

 “Abrimos quase 600 leitos em menos de 15 dias; fazemos a maior logística do país na distribuição das vacinas. Deixe de ser covarde e pare de fazer politicagem com a dor das famílias (…) Vá trabalhar, saia da internet e faça alguma coisa de útil pelo seu estado”.

Fonte: Gazeta Brasil

Compartilhe!