quarta-feira, 21 de abrilAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Haddad critica o Presidente Bolsonaro e a Internet se revolta; veja a repercussão

Haddad critica o Presidente Bolsonaro e a Internet se revolta; veja a repercussão

Comentamos aqui no site desde Sábado, 8 de Agosto, que o Presidente Jair Bolsonaro está sofrendo uma série de ataques e críticas da oposição por causa do número de mortes da Covid-19, que infelizmente atingiu a marca de 100 mil mortes no sábado.

Entre as críticas estão a do ex-Ministro da Justiça Sérgio Moro, Luciano Huck, João Doria, Lula, e por aí vai.

Agora o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad quis aproveitar outra situação para criticar o Chefe do Executivo. Dessa vez foi a saída dos dois secretários do Ministério da Economia que pediram demissão na noite da última Terça-Feira, 11 de Agosto.

Salim Mattar e Paulo Uebel eram braços fortes dentro do Ministério da Economia, no setor de privatizações.

Um dos supostos motivos para a saída deles é a burocracia e demora em conseguir concretizar as privatizações de estatais.

Para o Ministro da Economia Paulo Guedes, aconteceu uma “debandada”, mas isso vai servir para reorganizar a pasta.

Aproveitando a situação, Haddad disse em suas redes sociais as seguintes palavras:

“Agora, estamos sem ministro da Saúde e sem equipe econômica. Sem rumo também.”

Este comentário do ex-candidato à presidência gerou revolta nas redes sociais e rapidamente os internautas reagiram. Veja abaixo uma seleção de respostas ao post de Haddad:

Fonte: Fernando Haddad (via Twitter)

Compartilhe!