terça-feira, 19 de janeiroAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Inconformado com a derrota, Rodrigo Maia segue atacando o Presidente Bolsonaro; veja repercussão

Inconformado com a derrota, Rodrigo Maia segue atacando o Presidente Bolsonaro; veja repercussão

Conforme noticiamos, no último Domingo o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu por 6 votos a 5 que a Constituição Federal será respeitada e não haverá reeleição para os Presidentes da Câmara e do Senado. No caso, para Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre, respectivamente.

Após a decisão do STF, Rodrigo Maia passou a mudar o tom, agora passando a ser um crítico mais severo do Presidente Jair Bolsonaro.

Comentamos ontem aqui no site que Maia acusou o Governo de “desesperado”:

“O governo está desesperado para tomar conta da presidência da Câmara dos Deputados. O governo está desesperado para desorganizar de uma vez por todas a agenda do meio ambiente neste país.” 

Em suas redes sociais, o atual Presidente da Câmara publicou que se o candidato escolhido por ele assumir o cargo, terá compromisso com agência econômica, dando uma alfinetada em Bolsonaro:

“O nosso candidato terá compromisso com a agenda econômica e não com uma pauta armamentista, de costumes, de desrespeito ao meio ambiente, que dividirá a sociedade e atropelará as minorias.”

Disse ainda que seu escolhido daria continuidade ao trabalho iniciado em 2016:

“Vamos continuar no caminho que começamos em 2016, defendendo a independência da Câmara e, principalmente, respeitando a sociedade brasileira representada no Parlamento.”

Entretanto, os internautas não se esquecem que Rodrigo Maia deixou caducar diversas Medidas Provisórias e Projetos de Lei que eram importantes para a pauta do Governo Federal.

Veja abaixo a repercussão:

Fonte: Rodrigo Maia (via Twitter)

Compartilhe!