segunda-feira, 21 de junhoAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Investigado por corrupção, Governador do Amazonas não precisa mais ir à CPI por decisão da Ministra Rosa Weber

Investigado por corrupção, Governador do Amazonas não precisa mais ir à CPI por decisão da Ministra Rosa Weber

O Governador do Estado do Amazonas, Wilson Lima, decidiu não participar da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) após ter sido liberado para não prestar esclarecimentos.

A decisão foi tomada na madrugada desta Quinta-feira, 10 de Junho, pela Ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber.

Wilson Lima ganhou um habeas corpus que garantiu o direito de não ir à comissão ou ficar em silêncio. Ele decidiu por não ir.

Conforme noticiamos, a CPI já colocou na lista nove Governadores para prestarem depoimento, entretanto os governantes estaduais encontraram uma brecha e estão com o argumento de que os senadores não têm competência para convocar autoridades estaduais.

Pelo visto o argumento deu certo e Wilson Lima, que seria o primeiro governador a ser interrogado, conseguiu se livrar. Agora não duvidamos que os próximos governadores convocados também seguirão para a judicialização.

Wilson Lima tem conexão com um dos principais objetos de investigação da CPI, como uma das autoridades envolvidas no colapso do sistema hospitalar do Amazonas em Janeiro deste ano.

Ele também entrou na mira dos senadores depois de ser atingido pela operação Sangria, da Polícia Federal, que apontou desvios na contratação de respiradores de uma adega de vinho e na montagem de hospital de campanha.

Como temos visto até agora, a CPI está conhecida nas redes sociais como “CPI do Circo”, com os ataques constantes ao Governo Federal e pouco caso de problemas realmente importantes, como a corrupção que aconteceu nos Estados e Municípios.

Após a decisão de Rosa Weber, internautas se revoltaram. Confira abaixo algumas publicações:

Fonte: Gazeta Brasil

Compartilhe!