domingo, 29 de novembroAs principais notícias do Brasil e do Mundo
João Doria diz que o Brasil fica mais calmo com Bolsonaro quieto

João Doria diz que o Brasil fica mais calmo com Bolsonaro quieto


Em mais um episódio de alfinetadas ao Presidente Jair Bolsonaro, o Governador do Estado de São Paulo, João Doria, soltou mais uma declaração criticando o Chefe do Executivo.

Durante entrevista à Rádio Jovem Pan, o Governador (que foi diagnosticado semana passada com Covid) disse que o país fica mais calmo quando Bolsonaro está quieto:

“Esse período mais quieto do presidente, com menos polêmica, é bom, é saudável para o Brasil.”

João Doria também deu a sua opinião sobre o Ministro da Economia Paulo Guedes, e torce pela sua permanência no governo. Para ele, Guedes é o “garantidor do teto de gastos”:

“Se não fosse ele, Guedes, Bolsonaro já teria rompido o teto e feito o que a ex-presidente Dilma Rousseff fez”, afirmou Doria.

Doria foi diagnosticado na semana passada com Covid-19, e sua esposa, Bia, também está com a doença. Segundo ele, ambos estão isolados em casa seguindo os protocolos médicos.

O Governador de São Paulo postou em seu Twitter:

“Confesso que estar com Covid assusta. Ao mesmo tempo que sinto grande alívio por eu e a @BiaDoriaOficial não termos nenhum sintoma, o fato de imaginar que, neste exato momento, pessoas perdem a vida para este mesmo vírus, dá um aperto no coração.”

Completou, dizendo:

“Mais de 108 mil brasileiros não tiveram a mesma sorte que nós. O coronavírus não escolhe classe social. Não escolhe CEP. Não escolhe vítima. A oração e a fé têm sido grandes aliadas nesse momento. Agradeço novamente as milhares de mensagens que estamos recebendo. Muito obrigado!”

Fonte: Exame