domingo, 29 de novembroAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Leonardo DiCaprio quis criticar Bolsonaro e levou dura resposta do General Mourão

Leonardo DiCaprio quis criticar Bolsonaro e levou dura resposta do General Mourão


O ator Leonardo DiCaprio, famoso mundialmente por ser ator de Hollywood, é mais um artista que desconhece de política, muito menos do Brasil, e criticou o Presidente Jair Bolsonaro.

Usando dados do jornal inglês The Guardian, DiCaprio disse o seguinte:

“Dados preliminares indicam aumento de 7% [das queimadas] em agosto”, escreveu DiCaprio em suas redes sociais.

“O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, está sob pressão internacional para inibir as queimadas, mas duvidou publicamente delas no passado, culpando oponentes e comunidades indígenas.”

Conforme indica a Revista Oeste, o ator desconhece os dados da NASA, que mostram que a Amazônia não está “em chamas”, como disse o ator.

O Vice-Presidente, General Hamilton Mourão, fez uma declaração em resposta ao que disse Leonardo DiCaprio, durante o Fórum Mundial Amazônia +21, nesta Quarta-Feira, 19 de Agosto:

“Eu gostaria de convidar o nosso mais recente crítico, o nosso ator Leonardo Di Caprio, para ir comigo aqui a São Gabriel da Cachoeira para fazermos uma marcha de oito horas pela selva entre o aeroporto de São Gabriel e a estrada de Cucuí. Ele vai aprender em cada socavão que ele tiver que passar que a Amazônia não é uma planície e aí entenderá melhor como funcionam as coisas nessa imensa região”.

Ele ainda completou:

“A Amazônia não é uma coisa única. Existem 22 tipos de floresta diferente aqui dentro, não é uma floresta única”, afirmou Mourão.

Fonte: Revista Oeste