sexta-feira, 4 de dezembroAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Luciano Huck critica o novo Ministro da Educação por ele ser cristão e a internet reage

Luciano Huck critica o novo Ministro da Educação por ele ser cristão e a internet reage


Conforme noticiamos ontem, o Presidente Jair Bolsonaro anunciou na tarde desta sexta-feira, 10 de Julho, a indicação do professor Milton Ribeiro para o comando do Ministério da Educação.

Em mensagem na rede social Facebook, Bolsonaro apresentou parte do currículo do novo indicado:

  • Doutor em Educação pela USP, mestre em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e graduado em Direito e Teologia.
  • Desde maio de 2019, é membro da Comissão de Ética da Presidência da República.

O novo titular do Ministério da Educação é militar da reserva do Exército Brasileiro e evangélico, sendo pastor da Igreja Presbiteriana de Santos.

Rapidamente muitos comentários positivos na internet surgiram, porém críticas da oposição não poderiam deixar de aparecer também.

Entre elas, está o do apresentador da Rede Globo e potencial candidato para 2022, Luciano Huck.

Em seu Twitter, Huck disse o seguinte:

“O MEC anda pra trás há 1 ano e meio. Educação é a ferramenta mais poderosa no combate a desigualdades e ampliação de oportunidades. Um ministério que requer competência técnica, gestão e diálogo. Espero que o novo ministro deixe suas crenças e ideologias em casa e ajude a educação a progredir.”

Alguns usuários rapidamente responderam a esta crítica:

“Não entendi? Por que essa preocupação com a crença do novo ministro? A religião dele por acaso seria motivo de preocupação para você?”

“A educação que você quer é a privatizada. De preferência na instituição que você é acionista. Você não tem moral para falar sobre Educação de qualidade. Muito menos pública.”

“Nenhum cristão deixa as crenças em casa ;)”

Fonte: Pleno News