domingo, 20 de junhoAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Luciano Huck diz que não se pode reagir com armas, e sim com amor

Luciano Huck diz que não se pode reagir com armas, e sim com amor

O apresentador Luciano Huck, que a cada dia tenta emplacar entre os progressistas como uma opção para a presidência em 2022, disse que os cariocas precisam reagir, não com armas, mas com amor:

“Há 20 anos o destino me trouxe ao Rio. Foi nesta cidade e neste estado q construí minha carreira e vivo c/ a minha família. Uma tristeza vê-los tão mal tratados e sofridos. Cariocas e fluminenses precisam reagir, não c/ armas ou manipulações. Mas com honestidade, correção e amor.”

O apresentador soltou algumas declarações polêmicas nos últimos meses, como a crítica ao Ministro da Educação Milton Ribeiro, que é pastor e segundo Huck o fato dele ser pastor poderia influenciar em seu trabalho; além disso o global fez diversas críticas ao Presidente Bolsonaro e atribuiu a ele a marca de 100 mil mortes da Covid-19.

Conforme noticiamos neste último Domingo, 30 de Agosto, seu ex-colega de emissora, o jornalista Luís Ernesto Lacombe, disse em entrevista ao Metrópoles que Huck não deveria se candidatar em 2022:

“Não acho que deva ser candidato, não tem a ver. Não acho que tem espaço para uma pessoa como ele. Eu espero que não seja candidato e se for, que não ganhe”

Também completou dizendo que o ex-colega de emissora não tem o perfil presidencial:

“Não acho que alguém como ele tem o perfil para presidir o Brasil. Essa é a questão: qual o perfil dele? Porque ele se joga para os dois lados. Ele, às vezes se vende como liberal, mas embarca muito nesse discurso progressista, nesse discurso de agenda global, que eu acho péssimo”.

Fonte: Luciano Huck (via Twitter)

Compartilhe!