segunda-feira, 26 de julhoAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Luís Ernesto Lacombe sobre a Globo: “faz de tudo para derrubar o presidente”

Luís Ernesto Lacombe sobre a Globo: “faz de tudo para derrubar o presidente”

O jornalista Luís Ernesto Lacombe tem se firmado cada vez mais como um jornalista de direita, com princípios conservadores e que defende o Presidente Jair Bolsonaro.

Após pedir demissão da Band por ter sido afastado do programa “Aqui na Band”, Lacombe abriu um canal no YouTube e já superou o número de inscritos do programa no qual apresentava na Band.

Em uma entrevista concedida ao jornal Metrópoles, o jornalista deu sua opinião sobre a Rede Globo e defendeu o Presidente da República:

“Eu tenho hoje críticas pesadas e profundas contra o jornalismo que a Globo faz. Acho que a Globo está numa guerra contra um governo e milita e faz de tudo para derrubar um presidente. Pode até ser que você esteja lendo um TP, mas o que aconteceu antes, já denota uma guerra contra o governo”.

Lacombe também disse que a Globo cria matérias para tentar criar uma narrativa e prejudicar a imagem de Bolsonaro:

“Praticamente omitem o que há de bom deste governo ou inventam ou aumentam o que há de ruim. O caso mais clássico é o caso do porteiro do Bolsonaro, quando não havia uma matéria e mesmo assim eles fizeram a matéria. Eventualmente eles erram a mão e erram a mão feio”.

Ele também lembrou a ocasião em que o Jornal Nacional acusou Bolsonaro, falsamente, de ter feito um pedido ao ex-ministro Sergio Moro para ser “blindado” e, mesmo após ter se desculpado pelo erro, já que Bolsonaro não fez tal pedido, a emissora ter repetido a mesma falha no Jornal da Globo:

“O politicamente correto acaba sendo mais espécie de censura a um pensamento e uma linguagem, então ele separa, ele divide. A Globo comprou o politicamente correto, assim como muitas empresas compram, um discurso humanitário, emocional, mas vazio, sem fundamento, para conquistar o público, mas perde grande parte do público. Esse politicamente correto é nefasto”

Fonte: Pleno News

Compartilhe!