sexta-feira, 22 de janeiroAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Ministério Público denuncia Flávio Bolsonaro por lavagem de dinheiro e organização criminosa

Ministério Público denuncia Flávio Bolsonaro por lavagem de dinheiro e organização criminosa

O Senador Flávio Bolsonaro foi denunciado nesta Quarta-feira, 4 de Novembro, por peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa pelo Ministério Público do Rio de Janeiro.

A denúncia se dá no âmbito do Caso Queiroz, como ficou conhecido o processo das “rachadinhas” supostamente praticadas pelo filho do Presidente Jair Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio (ALERJ).

Além de Flávio, foi denunciado também o ex-assessor Fabrício Queiroz, apontado como operador do esquema, e outros 15 ex-assessores.

Caso a Justiça aceite a denúncia do Ministério Público, o filho do Presidente da República e seus ex-assessores virarão réus.

Na denúncia apresentada à Justiça, o MP indica que Flávio Bolsonaro supostamente se apropriou do dinheiro público da remuneração de seus assessores e, depois, praticou a lavagem desse dinheiro por meio da organização criminosa.

O Ministério Público apura, desde 2018, o suposto esquema de “rachadinha” no gabinete de Flávio. Assessores repassariam seus salários a ele por meio de Queiroz.

Ao longo das apurações, a Promotoria revelou ainda uma série de indícios de que o Senador teria feito lavagem de dinheiro por meio de imóveis e de uma franquia da rede de chocolates Kopenhagen.

Fonte: Pleno News

Compartilhe!