sexta-feira, 4 de dezembroAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Ministro Celso de Mello exige que Bolsonaro deponha presencialmente

Ministro Celso de Mello exige que Bolsonaro deponha presencialmente


Nesta Sexta-feira, 11 de Setembro, o Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello, determinou que o Presidente Jair Bolsonaro preste depoimento presencial no inquérito referente às acusações do ex-Ministro Sérgio Moro.

Relembrando: quando Sérgio Moro anunciou sua demissão, em Abril deste ano, ele acusou o Presidente da República de interferência política na Polícia Federal (PF).

O inquérito foi aberto no final de abril, a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), e a investigação já teve duas prorrogações por 30 dias autorizadas por Celso de Mello.

O Procurador-Geral da República, Augusto Aras, defendeu a possibilidade do depoimento por escrito, assim como já havia sido feito com o ex-Presidente Michel Temer.

Mello, contudo, discordou de Aras. Para o Ministro, o depoimento por escrito do Presidente da República só está previsto em casos nos quais o ocupante do cargo figure como testemunha ou vítima, mas não como investigado.

O Presidente Jair Bolsonaro já havia se manifestado sobre o assunto. Na ocasião, perguntado por jornalistas se preferia prestar depoimento por escrito ou presencialmente, ele respondeu:

“Para mim, tanto faz presencialmente ou por escrito. Como deferência, [o depoimento de] presidentes anteriores foi por escrito.”

Fonte: Agência Brasil