sexta-feira, 4 de dezembroAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Ministro da Comunicação Fábio Faria declara: “Ninguém pode impor vacina”

Ministro da Comunicação Fábio Faria declara: “Ninguém pode impor vacina”


O Ministro das Comunicações do Governo Bolsonaro, Fábio Faria, declarou em suas redes sociais na manhã desta Terça-feira, 20 de Outubro, sobre a polêmica envolvendo a vacina contra COVID-19.

Conforme noticiamos recentemente, o Governador do Estado de São Paulo, João Doria, disse que a vacina chinesa será obrigatória em São Paulo, e quem se recusar a tomar será punido com medidas legais.

Fábio Faria disse o seguinte:

“Vivemos em um país democrático, governado por um Presidente que luta pela liberdade do povo. Isso significa que nós, brasileiros, temos o DIREITO de escolha.Ninguém pode impor vacina, sobretudo porque sabemos que vacinas seguras costumam demandar tempo. Na minha casa, não entram!”

E completou:

“O governo irá oferecer a vacinação, de forma segura e gratuita, após comprovação científica e validada pela ANVISA, gratuita e sem imposição. Claro que a população quer ser vacinada, mas não com qq vacina e nem a força.
O PR @jairbolsonaro quer o melhor para o seu povo.”

Nesta Segunda (19), o Presidente da República Jair Bolsonaro disse em conversa com apoiadores na entrada do Palácio da Alvorada que a vacinação “não será obrigatória e ponto final”:

“A lei é bem clara e quem define isso é o Ministério da Saúde. O meu ministro da Saúde já disse que não será obrigatória essa vacina e ponto final”.

Disse ainda que a vacinação será oferecida de forma gratuita no Brasil, desde que haja comprovação científica e validação da ANVISA:

“Da nossa parte, quando estiver em condições, depois de aprovada pelo Ministério da Saúde, com comprovação científica e validada pela Anvisa, aí ofereceremos ao Brasil de forma gratuita. Mas repito, não será obrigatória”.

Fonte: Fábio Faria (via Twitter)