sexta-feira, 17 de setembroAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Ministro do STF Celso de Mello decidiu antecipar sua aposentadoria

Ministro do STF Celso de Mello decidiu antecipar sua aposentadoria

Nesta Sexta-feira, 25 de Setembro, o Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello decidiu antecipar sua aposentadoria.

O magistrado está no STF desde 1989, quando foi nomeado pelo então presidente José Sarney. Sua aposentaria compulsória seria no dia 1º de Novembro ao completar 75 anos, idade máxima para manutenção de servidores públicos na ativa. 

Com a decisão pessoal de Mello, caberá ao Presidente da República Jair Bolsonaro indicar um ministro para a vaga.

Antes de tomar posse, o indicado deverá ser aprovado pela Comissão de Constituição de Justiça do Senado e pelo plenário da Casa.

Ao se aposentar, Celso de Mello completa 50 anos no serviço público. Formou-se em Ciências Jurídicas e Sociais na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, em 1969.

Em 1970, foi aprovado em primeiro lugar no concurso público para promotor e ingressou no Ministério Público de São Paulo. Antes de ser nomeado para o Supremo, em 1989, ocupou o cargo de consultor-geral da República.

Agora resta saber quem o Presidente Bolsonaro irá indicar para a vaga do STF. No momento, há alguns possíveis nomes que o Chefe do Executivo poderá indicar, endtre eles André Mendonça (Ministro da Justiça), Augusto Aras (PGR) e Marcelo Bretas (juiz da Lava Jato).

Fonte: Agência Brasil

Compartilhe!

Este conteúdo está protegido contra plágio.