segunda-feira, 18 de outubroAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Para desespero de Rodrigo Maia, DEM decide expulsá-lo do partido por unanimidade

Para desespero de Rodrigo Maia, DEM decide expulsá-lo do partido por unanimidade

A semana começou ruim para o ex-Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

O Deputado Federal teve um desentendimento com o seu partido, o DEM, nos últimos meses, principalmente com o líder da legenda, ACM Neto.

Após o parlamentar durante seu mandato como Presidente da Câmara, seu posicionamento se distanciou muito de seu partido, e a relação começou a estremecer.

Na noite desta Segunda-feira, 14 de Junho, a Executiva Nacional do Democratas decidiu que Rodrigo Maia não pertence mais ao partido, e por unanimidade o parlamentar foi expulso.

Segundo o DEM, o congressista praticou infração disciplinar.

No início do ano, quando teve a eleição para a Presidência da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia decidiu apoiar Baleia Rossi, indo na direção contrária ao apoio do DEM, que era para Arthur Lira (que acabou vencendo).

A partir de então iniciou-se uma briga entre Maia e membros do partido, o que culminou na sua expulsão.

Nas redes sociais, Rodrigo Maia se manifestou:

O DEM decidiu me expulsar de seus quadros. O presidente Torquemada Neto, usando o seu poder para tentar calar as merecidas críticas à sua gestão, tomou essa decisão. É lamentável o caminho imposto pelo Torquemada para o partido.

Não só por isso, mas também pela sua deslealdade e falta de caráter, pedi a minha desfiliação. O partido diminuiu. Virou moeda de troca junto ao governo Bolsonaro. Agora é virar a página e juntar forças para um projeto de desenvolvimento do Brasil e em prol dos brasileiros.

Fonte: Revista Oeste

Compartilhe!

Este conteúdo está protegido contra plágio.