domingo, 29 de novembroAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Para Guilherme Boulos, Venezuela e Cuba não são ditaduras; veja repercussão nas redes

Para Guilherme Boulos, Venezuela e Cuba não são ditaduras; veja repercussão nas redes


O candidato à Prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos (PSOL), participou do Jornal da Manhã, da Jovem Pan, e fez uma declaração que gerou repercussão nas redes sociais.

Boulos conseguiu seguir para o segundo turno da eleição paulista, e participou do programa para responder a algumas questões.

No trecho que foi compartilhado no Twitter, a jornalista Vera Magalhães entrou no tópico da Venezuela, questionando Boulos se ele considera que o país de Nicolás Maduro possui um regime democrático.

O esquerdista então diz que ao falar da Venezuela precisa-se então falar de modo mais global, e acaba recebendo um “corte” da jornalista, que pede para ele responder as perguntas de forma objetiva.

Começou então uma discussão entre Boulos e o outro jornalista da bancada, Marco Antonio Villa, com ofensas de ambos os lados.

Após Boulos ficar em silêncio, Villa o questiona novamente sobre a Venezuela, falando sobre as privações de liberdades individuais no país e dos milhares de venezuelanos que tiveram que fugir.

Entretanto, Guilherme Boulos reafirma que a Venezuela é uma democracia, com Nicolás Maduro sendo eleito legitimamente.

Veja abaixo ao trecho do Jornal da Manhã:

O assunto repercutiu nas redes sociais, com os internautas questionando como o povo paulista conseguiu colocá-lo em segundo turno:

Fonte: Roger Moreira (via Twitter)