domingo, 20 de junhoAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Para o Ministro Ricardo Lewandowski, o Brasil tem que ter vacina logo, mesmo que seja chinesa

Para o Ministro Ricardo Lewandowski, o Brasil tem que ter vacina logo, mesmo que seja chinesa

O Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski entende que o Brasil precisa logo de um plano de vacinação, e atende ao pedido de partidos de esquerda para que o Governo Federal apresente em 30 dias o plano de vacinação contra a COVID.

Quando o Presidente Bolsonaro rejeitou o pedido do Ministro da Saúde Eduardo Pazuello em comprar as doses das vacinas chinesas em Outubro, os partidos de oposição se mobilizaram e recorreram até o STF para fazer um processo que obrigue o Governo a adquirir as doses.

Nesta Terça-feira, 24 de Novembro, o Ministro deu seu voto favorável para que o processo seja levado adiante, e declarou que não se pode usar como critérios as ideologias por trás da vacina:

“Entendo que o Estado brasileiro não pode pautar-se por critérios políticos, partidários ou ideológicos para escolher ou rejeitar vacinas e respectivos insumos, nem discriminá-las com base apenas em sua origem, e muito menos repudiá-las por razões de caráter subjetivo, não lhe sendo lícito abrir mão de qualquer imunizante que venha a mostrar-se eficaz e seguro contra a covid-19.”

Ou seja, para o Ministro Ricardo Lewandowski, seja a China a criadora da doença e criadora da solução, isso pouco importa. Ele completou:

“Constitui dever incontornável da União considerar o emprego de todas elas no enfrentamento do surto da Covid-19, não podendo ela descartá-las no topo ou em parte, salvo se o fizer – e sempre de forma motivada – com base em evidências científicas sobre a sua eficácia, acurácia, efetividade e segurança.” 

Fonte: Poder 360

Compartilhe!