segunda-feira, 26 de julhoAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Pesquisa revela que Bolsonaro continua sendo o candidato mais forte para 2022

Pesquisa revela que Bolsonaro continua sendo o candidato mais forte para 2022

Apesar do centrão estar tentando angariar uma eventual chapa entre Luciano Huck e Sergio Moro para 2022, entre outros candidatos de oposição estarem mirando as próximas eleições presidenciais, uma pesquisa feita pelo Paraná Pesquisas mostra que a situação não está tão boa assim para os opositores.

Segundo o levantamento, realizado entre 28 de Novembro e 1º de Dezembro, com 2.036 eleitores entrevistas em 192 municípios das 27 unidades da Federação, mostra que o resultado é positivo para uma eventual reeleição do Presidente Jair Bolsonaro.

A pesquisa mostra que o atual Chefe do Executivo está na frente em todos os cenários de 1º turno, com percentuais que variam de 32,9% a 35,8%.

Além disso, Bolsonaro venceria todos os cinco potenciais candidatos no segundo turno:

  • o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT);
  • Ciro Gomes (PDT)
  • Sergio Moro (sem partido);
  • o governador de São Paulo, João Doria (PSDB);
  • e o apresentador Luciano Huck (sem partido).

No primeiro turno, a previsão seria esta:

Como é possível observar, Bolsonaro estaria no topo disparado, caso Moro estivesse incluído.

Em outro cenário, com Lula, o resultado seria este:

O terceiro cenário mostra como seria se Haddad se candidatasse e Moro não:

No segundo turno, Bolsonaro venceria tranquilamente em todos os cenários possíveis:

  • Cenário 1:
    • Bolsonaro – 47%;
    • Lula  – 33,4%;
    • não sabe – 4,3%;
    • nenhum – 15,4%.
  • Cenário 2:
    • Bolsonaro – 44,9%;
    • Moro – 34,7%;
    • não sabe – 4,5%;
    • nenhum – 16%.
  • Cenário 3:
    • Bolsonaro – 48,5%;
    • Ciro Gomes – 31%;
    • não sabe – 4,5%;
    • nenhum – 16,1%.
  • Cenário 4:
    • Bolsonaro – 51,1%;
    • Doria – 23,8%;
    • não sabe – 4,9%;
    • nenhum – 20,2%.
  • Cenário 5:
    • Bolsonaro – 58,6%;
    • Luciano Huck – 29,7%;
    • não sabe – 4,6%;
    • nenhum – 17,1%.

Fonte: Poder 360

Compartilhe!