terça-feira, 24 de novembroAs principais notícias do Brasil e do Mundo
PF fará investigação contra colunista da Folha que desejou morte do Bolsonaro

PF fará investigação contra colunista da Folha que desejou morte do Bolsonaro


Conforme noticiamos aqui, o Presidente Jair Bolsonaro sofreu diversos ataques após o anúncio de estar infectado com o novo Coronavírus (COVID-19).

Os opositores ao Chefe do Executivo levantaram hashtag no Twitter dizendo #ForçaCovid, em torcida para que o vírus derrube Bolsonaro.

Além disso, tiveram também médicos torcendo pelo vírus e diversos esquerdistas mostrando sua real face.

Como Ana Paula Henkel disse ao programa Os Pingos nos Is, “enquanto nessa pandemia as pessoas estão tendo que usar máscaras, muitas máscaras estão caindo e revelando as pessoas como elas realmente são.”

Um colunista da Folha de São Paulo escreveu um artigo com o título “Por que torço para que Bolsonaro morra“, e isso gerou muita revolta nas redes sociais.

Com informações do Conexão Política, a Polícia Federal vai investigar o colunista da Folha de São Paulo, Hélio Schwartsman, que afirmou, em texto publicado ontem (7), torcer pela morte de Jair Bolsonaro.

Schwartsman poderá ser enquadrado na Lei de Segurança Nacional, pelo suposto crime de calúnia ou difamação do presidente da República ou outros chefes de Poderes, com pena de 1 a 4 anos de reclusão.

O colunista argumentou no texto que “o sacrifício de um indivíduo pode ser válido, se dele advier um bem maior”.

Em seu artigo 20, a Lei 7.170, que estabelece os crimes contra a segurança nacional, a ordem política e social, contém os crimes pela “prática de atentado pessoal ou atos de terrorismo, por inconformismo político ou para obtenção de fundos destinados à manutenção de organizações políticas clandestinas ou subversivas”.

Fonte: Conexão Política