segunda-feira, 18 de outubroAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Presidente Bolsonaro diz que irá se filiar a outro partido para disputar eleições

Presidente Bolsonaro diz que irá se filiar a outro partido para disputar eleições

Na manhã desta Segunda-feira, 25 de Janeiro, o Presidente Jair Bolsonaro conversou com apoiadores na frente do Palácio do Alvorada.

Um dos tópicos que o Chefe do Executivo falou à respeito foi acerca do partido político Aliança Pelo Brasil, que é um projeto que ele deu início quando saiu do Partido Social Liberal (PSL), legenda a qual ele se elegeu Presidente em 2018.

Após desavenças com o partido, Bolsonaro deixou o PSL e está sem partido desde então. Muitos deputados de sua base aliada ainda são filiados ao PSL, entretanto não conseguem defender Bolsonaro na Câmara com a mesma intensidade, por isso o Presidente deseja abrir seu próprio partido.

Entretanto, a burocracia para abrir o partido é grande e já faz um bom tempo que ele está tentando “decolar” a legenda, mas corre o risco de não haver tempo hábil para 2022. Por isso, Bolsonaro disse hoje aos seus apoiadores que há a possibilidade dele filiar-se a outro partido caso o Aliança não dê certo:

“Eu decido. Ou decola o partido ou vou ter que arranjar outro. Em março, a gente vai estudar se o partido decola ou não. Se não decolar, a gente vai ter que ter um outro partido. Se não, não vamos ter como nos preparar para as eleições de 22”.

Continuou falando da burocracia:

“Eu não tenho como coordenar isso daí, eu não tenho tempo para isso. Não é fácil você conseguir 500 mil fichas e certificados”, explicou.

“Muita burocracia. Muito trabalho. Certificação de fichas. Depois passa pelo TSE também. Então, o tempo está meio exíguo para a gente”, disse.

Fonte: Gazeta Brasil

Compartilhe!

Este conteúdo está protegido contra plágio.