quarta-feira, 25 de novembroAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Rodrigo Maia se une a João Doria e promete ajuda em relação à vacina chinesa

Rodrigo Maia se une a João Doria e promete ajuda em relação à vacina chinesa


O Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, uniu-se ao Governador de São Paulo, João Doria, e durante uma coletiva de imprensa nesta Sexta, 23 de Outubro, Maia prometeu “ajuda” em relação à vacina chinesa.

Maia falou sobre a polêmica da vacina chinesa da COVID-19, que causou um rebuliço em Brasília e muita repercussão nas redes sociais.

No início da semana, João Doria disse que a vacina será obrigatória no Estado de São Paulo, e pouco tempo depois surgiu uma autorização do Ministro da Saúde para compra de 46 milhões de doses da CoronaVac.

O Presidente Bolsonaro vetou qualquer intenção de compra da vacina, e deixou claro que ninguém será obrigado a ser vacinado.

Para Maia, “após o entrevero dessa semana” é necessário “construir uma nova solução”. Para ele, o importante é ter acesso às imunizações. Ele defendeu conversas com Bolsonaro:

“O importante é que a gente consiga rapidamente uma, duas, três vacinas para vacinar a população brasileira. Estamos à disposição para construir um entendimento assim que a Anvisa autorizar. Nesse momento, não será mais uma questão de ser da China, é uma questão de ter sido autorizada. Precisamos ampliar o diálogo com o presidente”.

Ele ainda disse que Doria poderá contar com o apoio da Câmara na questão da vacina:

“Tenho certeza que quando a vacina tiver aprovação da Anvisa a gente conseguirá sim, com diálogo com o presidente da República, autorizar não só essa como todas as vacinas”, disse ele, referindo-se ao imunizante chinês desenvolvido pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório Sinovac.

Fonte: Pleno News e Revista Oeste