domingo, 25 de outubroAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Senador que teve dinheiro encontrado na cueca poderá ter seu mandato cassado

Senador que teve dinheiro encontrado na cueca poderá ter seu mandato cassado


Na próxima Quarta-Feira, 21 de Outubro, acontecerá no Supremo Tribunal Federal (STF) o julgamento sobre o afastamento do Senador Chico Rodrigues (DEM-RR).

A decisão para que haja a sessão foi tomada pelo Presidente do STF, Luiz Fux.

O caso repercutiu durante toda a semana, pela polêmica gerada. O parlamentar, que até nesta Sexta atuava como Vice-Líder do Governo no Senado (e rapidamente foi afastado por Bolsonaro), foi alvo da operação Desvid-19, que investiga supostos desvios de aproximadamente R$20 milhões em recursos públicos provenientes de emendas parlamentares que seriam destinados à Secretaria de Saúde de Roraima.

Além de ser investigado na operação, Chico Rodrigues foi flagrado pela Polícia Federal tentando esconder R$33 mil em sua cueca durante as buscas feitas em sua residência no último dia 14.

O assunto repercutiu muito por causa do absurdo que foi o caso, tendo os policiais que retirar dinheiro do ânus do parlamentar, que escondeu dentro da cueca cédulas.

Na conversa com os apoiadores, Bolsonaro parabenizou a Polícia Federal e a Controladoria-Geral da União (CGU), que integraram a ação:

“A operação de quarta é um orgulho para o meu Governo, para o meu ministro Wagner Rosário [da CGU] e para a minha Polícia Federal.”

Ainda reiterou que dentro do seu Governo não há corrupção e ela será combatida “seja de quem for”:

“Essa investigação de ontem é um exemplo típico do meu governo, que não tem corrupção no meu governo. Vocês estão há quase dois anos sem ouvir falar em corrupção no meu governo. O meu governo são ministros, estatais e bancos oficiais. Esse é o meu Governo”.

A decisão que for tomada pelo STF nesta próxima semana ainda precisará ser referendada no Senado.

Fonte: Revista Oeste