sexta-feira, 17 de setembroAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Sérgio Moro compara Bolsonaro a Lula e diz que é preciso acabar com o “ciclo de ódio” no Brasil

Sérgio Moro compara Bolsonaro a Lula e diz que é preciso acabar com o “ciclo de ódio” no Brasil

Comentamos neste Domingo, 8 de Novembro, sobre uma conversa que o ex-Ministro da Justiça e ex-juiz da Lava-Jato, Sérgio Moro, teve com o apresentador da Globo, Luciano Huck.

Os dois andam conversando para a formação de uma chapa para as eleições presidenciais de 2022.

Segundo matéria da Folha de São Paulo, no dia 30 de Outubro o apresentador da Globo encontrou-se com Moro na casa do ex-juiz, e supostamente estão dialogando para a criação de uma chapa para as eleições presidenciais.

Ao que tudo indica, seria pelo partido Cidadania ou com o Podemos, partidos aos quais os dois tem proximidade.

Em entrevista ao jornal O Globo, Moro destacou que o brasileiro tem perfil moderado e por isso seria necessário por um fim no que ele acha de “ciclo de ódio”, comparando o Presidente Jair Bolsonaro ao ex-presidiário Lula.

Leia abaixo trecho de sua entrevista:

“Eu ficaria bastante desapontado se chegássemos em 2022 e tivéssemos apenas, como perspectivas eleitorais, dois extremos polarizados, a esquerda e a direita. O brasileiro tem um perfil mais moderado, e essa moderação favorece comportamentos de tolerância, que é o que nós precisamos, e o fim desse ciclo de ódio, que envolve principalmente as figuras do presidente (Bolsonaro) e igualmente do PT, especialmente o ex-presidente Lula. A construção disso é uma coisa importante, e não necessariamente passa por mim. Existem várias pessoas”, afirmou Sérgio Moro.

Fonte: Conexão Política

Compartilhe!

Este conteúdo está protegido contra plágio.