terça-feira, 1 de dezembroAs principais notícias do Brasil e do Mundo
Revoltante: artista fez escultura da cabeça de Bolsonaro e gerou críticas nas redes sociais

Revoltante: artista fez escultura da cabeça de Bolsonaro e gerou críticas nas redes sociais


O artista plástico Marcello Tamaro fez uma obra que gerou muita revolta nas redes sociais.

Proprietário da empresa Gorila Company, ele criou uma cabeça degolada do Presidente Jair Bolsonaro.

A Deputada Federal Bia Kicis foi nas redes sociais repudiar a peça:

“Que coisa mais asquerosa. É o famoso “ódio do bem” que passa desapercebido pelos defensores da “democracia”. Uma criança segurando a cabeça do presidente Jair Bolsonaro. E se fosse a cabeça da Marielle? Ou do Lula? Ou de algum ministro do STF? Mas os intolerantes somos nós.”

Uma das imagens que circula na internet mostra uma criança segurando a peça e Marcello disse que pretende jogar um futebol com a cabeça de Bolsonaro.

O Deputado Federal Marco Feliciano também repudiou a “arte” em suas redes sociais e acusou os artistas de atentarem contra a vida do Presidente da República:

“Absurdo! Isso não é arte, é atentado contra a vida do presidente da República. Depois querem nos acusar de “discurso de ódio”. Vem cá, então isso para as redes sociais é “liberdade de expressão”? Isso pode, né?”

Segundo o Pleno News, a peça faz parte da mostra Freedom Kick (Chute de Liberdade) promovida pelo grupo Indecline (Em Declínio), que se define como um coletivo de arte ativista e de protesto.

Nesta Segunda, 14 de Setembro, eles exibirão as cabeças de Bolsonaro, Donald Trump e de Vladimir Putin.

Eles excluíram do Instagram o vídeo de divulgação do projeto, porém no vídeo afirmavam que os três líderes são “os maiores tiranos que o mundo já viu”.

Veja abaixo as publicações que os sócios da empresa fizeram:

Nesta outra publicação, Pedro Millas perguntou na descrição da foto: “E ai, o que você faria com a jaca do excrementíssimo Sr presidente? A gente chamou uns amigos e bateu um fut”.

Fonte: Pleno News